Sala lotada e falas inspiradoras marcam debate sobre O Valor da Cultura no X Congresso GIFE, em São Paulo

Evento com mediação de Eduardo Saron, integrante do FBDC, e com a presença de outros dois membros, Claudio Lins de Vasconcelos e Carla Fonseca, contou ainda com a participação de Francisco Alemberg de Souza Lima, que trouxe a experiência frente à Fundação Casa Grande – Memória do Homem Kariri, um caso inspirador e real sobre iniciativas culturais que refletem diretamente na vida em sociedade.

A partir de três pilares: Inovações, Conexões e Cultura, Carla Fonseca abriu o bate-papo falando sobre as cidades criativas, o que já acontece e as perspectivas a partir de experiências já bem sucedidas e demandas ainda a serem supridas. Na sequência, Claudio Lins de Vasconcelos tratou da cultura como um valor a partir das capacidades já reconhecidas no Brasil, entre elas, a vocação, o capital intelectual e humano, o meio ambiente, a resiliência mesmo em situações complicadas e a soberania cultural, a partir do que já conquistamos até aqui.

Qual o impacto que a cultura pode e deve causar em cada indivíduo e na sociedade? Como inspirar e prosperar? Entre questionamentos como esses e experiências traduzidas em números e resultados, como no caso da Fundação Casa Grande, que mudou a qualidade de vida e geração de renda em uma cidade, todos da mesa concordaram sobre o poder transformador da cultura. Taí o valor da cultura, mensurável em investimentos e resultados, e incomensurável no que pode estimular em cada um.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X